The Blood Of Olympus
Bem Vindo Convidado! É de seu interesse participar deste fórum?
Um rpg dos livros PJO E HDO do autor Rick Riordan! Torne-se um semideus
e viva altas aventuras!

Arena de Treinamento

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Arena de Treinamento

Mensagem por Nêmesis em Dom Jun 15, 2014 8:07 pm

a arena do acampamento

Aqui é o local onde todos os semideuses residentes no Acampamento podem treinar. Cada campista pode, por dia, postar apenas dois treinos, tendo ao menos que haver uma avaliação do primeiro para postar o segundo. Essa arena tem horários de funcionamento em ON, então antes de postar especifique quando está indo treinar. Apesar dos horários, em OFF ela funciona vinte e quatro horas.

Matutino;

08:30 às 09:30 Treino de Arco-e-Flecha;
09:40 às 10:40 Treino de Espadas e Escudos;
10:50 às 11:50 Treino de Combate aos Monstros;

Diurno;

14:30 às 15:30 Treino de Combate aos Monstros;
15:40 às 16:40 Treino de Espadas e Escudos;
16:50 às 17:50 Treino de Arco-e-Flecha;

Noturno;

20:30 às 21:30 Treino de Espadas e Escudos;
21:40 às 22:40 Treino de Combate aos Monstros;
22:50 às 23:50 Treino de Arco-e-Flecha;

Lembremos que os quesitos avaliados em seu treino serão: Coerência, Ortografia, Leitura Envolvente e Uso de Poderes e Armas. Uma dica nossa é que você revise seu texto no Word, assim não perderá os pontos de ortografia. Inove, seja criativo! No final de cada post, indique que poderes foram usados e que armas foram levadas.

O total de experiência que poderá ganhar, por treino, é 100xp. Caso seu personagem seja ferido durante o post, retiraremos pontos de energia e de saúde de acordo com o nível dos ferimentos. Lembramos novamente que o plágio anulará seu post e lhe concederá um banimento indeterminado.


Última edição por Nêmesis em Qua Jun 25, 2014 3:50 pm, editado 1 vez(es)

_________________The Blood Of Olympus____________________

would you be scared?
I GET THIS FEELING JUST BECAUSE EVERYTHING I TOUCH ISN`T DARK ENOUGH IF THIS PROBLEM LIES ON ME

avatar
Nêmesis
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 27
Pontos : 57
Reputação : 1
Data de inscrição : 15/06/2014

Ficha do personagem
EXP:
99999/99999  (99999/99999)
Nível: 99999
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena de Treinamento

Mensagem por Dylan S. Pierce em Ter Jun 24, 2014 12:00 pm

Treino 001

Primeiro dia no acampamento, geralmente é difícil. Pelo menos foi o que os instrutores do acampamento falaram para o garoto. Em seu chalé, Dylan pegou sua faca e caminhou para fora, rumo a arena.

Ver, pelo caminho, tantos semideuses acostumados a essa vida o fazia sentir uma pontada de esperança. Talvez um dia ele conseguisse se tornar um deles, apenas talvez.

A arena era enorme, ao ver de Dylan. Alguns semideuses treinavam juntamente a outros, outros contra monstros ou bonecos mas foi para a parte dos bonecos que o garoto caminhou. Tendo noção de sua inexperiência, ele sabia que seria idiotice tentar algo radical, então por que não começar pelo começo?

***

Haviam três bonecos organizados de forma triangular tal que, o garoto ficasse no meio. Com sua faca na mão, ele tentou fazer alguns dos movimentos que outros garotos estavam fazendo e que ele havia visto quando entrou na arena. Girando a arma levemente, lançando-a para frente, deslizando seu corpo para a lateral oposta entre outras técnicas que tentou repetir.

Depois de poucos segundos, o garoto tentou desferir pequenos golpes no boneco que estava a sua frente. Decidiu chamá-lo de Joe. Tentou, primeiramente, fingir que ele era um oponente real, então se esquivou algumas vezes de ataques inexistentes e atacou. Braços e pernas. Sabia que era um alvo mais fácil de ser atingido, um oponente real iria sempre tentar proteger o dorso.

Logo em seguida, tentou algo mais radical, subindo aos poucos e espalhando palha enquanto acertava o abdômen, em movimentos de X e Z. Empolgando-se um pouco, subiu até o peito e cravou a lâmina de sua arma ali, pondo fim ao boneco Joe.

Suado e ofegante, o garoto fez uma pequena comemoração indo ao encontro do segundo boneco, o que antes estava a sua direita. Decidiu chamá-lo de Phineas.

Para não ficar monótono, decidiu treinar sua esquiva fingindo que o boneco estava lhe lançando coisas como bombas ou bolas de fogo. Jogou-se algumas vezes para a direita revezando para a esquerda e algumas vezes para a esquerda revezando para a direita. Com uma cambalhota desajeitada, o garoto alcançou as costas do boneco e fez um pequeno corte ali. Imaginando que o oponente iria supostamente se virar, correu para a frente do boneco e lhe deu outro corte. Mas, para não ficar sempre na mesma coisa, imaginou-se frente a frente novamente. Agora, voltou a sua antiga tática de atacá-lo no dorso, pondo assim, fim ao boneco Phineas.

Caminhando para a esquerda, ainda mais suado e ofegante, o garoto decidiu tentar algo ainda mais radical. O terceiro e último boneco iria chamar-se Chuck.

Pôs sua faca em um lugar estratégico e correu para cima do boneco, primeiro lhe socando onde seria seu rosto, em seguida desviando de seus possíveis contra-ataques. O segundo passo seria atingir o estômago do oponente, fazendo-o possivelmente recuar, ganhando espaço e tomando fôlego. Nesse momento, Dylan recua e vai para o ponto estratégico onde estava sua arma. A pega em suas mãos e corre de volta para onde estava Chuck. Acerta pequenos cortes onde seriam seuas braços e em seguida atinge seu abdômen, pondo fim a luta.

Com um suspiro de vitória, o garoto se afasta e caminha em direção ao seu chalé. Precisava de um banho e claro, uma boa soneca.


## words for tag
avatar
Dylan S. Pierce
Filhos de Hipnos
Filhos de Hipnos

Mensagens : 42
Pontos : 44
Reputação : 1
Data de inscrição : 19/06/2014
Idade : 20

Ficha do personagem
EXP:
76/200  (76/200)
Nível: 2
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena de Treinamento

Mensagem por Aphrodite em Ter Jun 24, 2014 3:42 pm

Coerência: 1( ) 2( ) 3( ) 4( ) 5(X )
Ortografia: 1( ) 2( ) 3( ) 4(X ) 5( )
Leitura Envolvente: 1( ) 2( ) 3( ) 4( ) 5(X )
Uso de Poderes e Armas: 1( ) 2( ) 3( ) 4( X) 5( )
Sentido: 1( ) 2( ) 3( ) 4( ) 5( X)
5+4+5+4+5X4= 92 exp

_________________The Blood Of Olympus____________________

I'm Queen Bitch!

Aphrodite
Candy♥LFG@
avatar
Aphrodite
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 67
Pontos : 180
Reputação : 1
Data de inscrição : 09/06/2014
Localização : Olimpo ^

Ficha do personagem
EXP:
99999/99999  (99999/99999)
Nível: 99999
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://tbofolympus.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena de Treinamento

Mensagem por Silena Vodianova em Ter Jun 24, 2014 11:10 pm

Raio de Sol

Já se passara uma semana desde que cheguei ao acampamento, e pra ser sincera ainda não me acostumei com a correria desse lugar. Na minha antiga casa, se é que aquilo deve ser chamado assim, tudo era muito calmo até um pouco entediante às vezes, já aqui tenho que lidar com uma porção de irmãos gritando em plena 7 horas da manhã. Se pelo menos fosse só isso seria bom, mais eles ainda jogam escudos, espadas e lanças no chão, que com o estrondo do bronze celestial deixa qualquer um surdo.

Depois de conseguir sobreviver à rotina matinal do chalé de Ares, estou sozinha no chalé com tempo de sobra para pensar. Agora que tudo fazia sentido, as palavras de meu pai pesavam em minha mente dia e noite “você tem que aprender a lutar já, não quero ter uma filha medrosa”. É fácil pra ele falar assim, ele é um deus e não tem que ter medo de monstros e criaturas aladas.

Levanto de minha cama disposta a treinar. Faço minha higiene matinal e visto uma calça de malha preta com uma blusa regata de alça branca, ponho meus tênis mais confortáveis e saio do chalé. Passo rapidamente pelo refeitório e como uma torrada com suco de laranja, e sigo para a arena.
A arena é um dos meus lugares preferidos do acampamento, eu sempre gostava de ver os treinos dos outros campistas, mais nunca tentei me aventurar em um. Agora isso está prestes a mudar, graças ao irritante filho de Apolo que enche a minha paciência desde que cheguei ao acampamento, e eu nem ao menos sabia seu nome:

-Vejam só minha fã número um! Veio assistir mais um show querida?- O garoto chegou ao meu lado tão silencioso, que levei um susto ao ouvir sua voz. Seu sorriso era maldoso, mais permaneci firme mesmo não estando.
-Hoje não “querido”, vim treinar!- disse sem mostrar nenhuma emoção. Ele hesitou para traz, trazendo consigo as mãos levantadas, fingindo está assustado.
-Hum, se está tão confiante madame, proponho um desafio!-
-Claro, se é isso que você quer!- Disse indiferente, porém por dentro estava tão assustada quanto um bichinho, minha vontade era sair correndo, mais respirei fundo e segui para o centro da arena.
“Você consegue garota, ele é só um idiota... um idiota que sabe lutar, e você não... mais você consegue”.

Pus o socador que receberá de presente quando fora reclamada na mão esquerda e com a direita segurei com firmeza uma espada de bronze celestial que achará no arsenal, preferi não usar escudo, já que ele era muito pesado, mais vesti uma armadura para me proteger. Meus nervos estavam à flor da pele, podia escutar os meus batimentos cardíacos acelerarem, pude sentir um pingo de suor descer no meu rosto... Pelos deuses, estava muito nervosa.

-Até que o outro se renda!- propus.
-Como a madame quiser!-

Ele fez uma reverência e num segundo avançou sobre mim lançando sua espada em minha cabeça, graças a Ares eu consegui me desviar com um giro de 45° graus. No mesmo momento segurei minha espada com firmeza e empurrei a parte plana nele com força, que pra minha sorte cambaleou para traz atordoado ou talvez até surpreso. Firmei os pés do chão e me preparei para o próximo ataque, agora estava mais confiante com um sorriso malicioso no rosto. Ele pareceu hesita um pouco o que me fez rir:

-Não me diga que está com medo raio de sol. -  

Avancei até ele e lacei um golpe contra seu peito, mais ele se defendeu deixando o som de metal batendo em metal ecoar para a arena, o que chamou a atenção de vários semideuses. Logo estávamos rodeados e espectadores curiosos. Enquanto olhava para as pessoas ao meu redor ele lançou sua espada novamente, me presenteando com um corte não muito profundo na bochecha.

-Seu filho de uma...-
-Olha a boca suja querida!-

Nesse momento já estava pra lá de irritada, avancei até ele furiosa e investi minha espada, mais ele desviou virando para a esquerda e em seguida me empurrou com tamanha força que desabei no chão deixando minha espada caída a não muitos metros. Poderia ir pegar, mais ele me empurrou para o chão com seu próprio corpo, cravando minhas mãos no chão. Um sorriso surgiu em seu rosto:

-Mais que situação constrangedora querida, vai fazer o que agora, pedir socorro pro papai?-
-Não me chame de querida!-

E acertei sua cabeça com a minha, fazendo-o gritar de dor e me soltar. Pensei em pegar minha espada, mais ele logo se recuperaria, então investi dois socos em sua cabeça, fazendo-o cair em um sono profundo, ou como chamam, desmaio.

-Até que não foi tão difícil!- disse aos olhares surpresos ao meu redor.

Podia ouvir murmúrios entre os semideuses, enquanto passava por eles indo para a enfermaria. Embora tivesse derrotado um semideus, eu não me sentia uma vencedora. O garoto havia sido apenas uma desculpa para descarregar toda a raiva que vinha reprimindo durando um bom tempo. Mais tenho que admiti, foi muito gratificante.

Espada/Escudo
9:40 á 10:40

 
 
 
clumsy @ sa!


_________________The Blood Of Olympus____________________

IM
WARRIOR


This is a story that I've never told I gotta get this off my chest to let it go All the pain and the truth I wear like a battle wound
avatar
Silena Vodianova
Filhos de Ares
Filhos de Ares

Mensagens : 10
Pontos : 12
Reputação : 1
Data de inscrição : 23/06/2014

Ficha do personagem
EXP:
72/100  (72/100)
Nível: 1
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena de Treinamento

Mensagem por Hermes em Qua Jun 25, 2014 9:43 am

Coerência: 1( ) 2( ) 3( ) 4(x) 5( )
Ortografia: 1( ) 2( ) 3( ) 4(X) 5( )
Leitura Envolvente: 1( ) 2( ) 3(x) 4( ) 5( )
Uso de Poderes e Armas: 1( ) 2( ) 3( ) 4(X) 5( )
Sentido: 1( ) 2( ) 3(x) 4( ) 5( )
4+4+3+4+3X4= 72 exp
avatar
Hermes
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 11
Pontos : 27
Reputação : 1
Data de inscrição : 21/06/2014

Ficha do personagem
EXP:
99999/99999  (99999/99999)
Nível: 99999
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena de Treinamento

Mensagem por Dylan S. Pierce em Qua Jun 25, 2014 10:39 am

Treino 002


O dia amanheceu frio naquele dia. Em seu chalé, o filho de Hipnos estava confortável debaixo das cobertas mas, tal conforto teria de dar espaço para algo mais importante: sua preparação física. Dylan não podia se dar ao luxo de dormir nenhum segundo a mais, teria de ir até a arena e treinar, dar duro.

O garoto levantou-se e foi banhar-se. Deixou que a água fria batesse em seu rosto, fazendo-o despertar. Em seguida, vestiu-se com uma regata branca e uma bermuda jeans. Pegou suas adagas do sono, saiu do chalé com um objetivo: estraçalhar algum monstro na arena.

***

Quando pisou no solo da arena, ajoelhou-se levando dois dedos da mão direita ao solo melando-os com o pó dali e os pondo em sua testa, seguidamente. Fez uma pequena prece ao seu pai.

Levantou-se após seu pequeno ritual de iniciação e caminhou até onde os monstros ficavam presos. O garoto iria lutar contra algo não tão grande assim como não tão pequeno. Decidiu escolher um automato. Dentre tantas formas, estilos e personalidades, o garoto escolheu uma aranha.

Quando a liberou, Dylan percebeu que ela tinha cerca de um metro e vinte centímetros, algo que não era tão grande mas dava para por medo. A aranha primeiramente provou o preço da liberdade correndo ao redor do garoto que a tinha libertado, sem rumo apenas esticando suas pernas metálicas. Mas isso não durou muito tempo, em pouco, a aranha focou no rosto do garoto e arreganhou suas ventosas mostrando as garras escondidas no local onde provavelmente seria sua boca. Dali, pingava um líquido nojento e verde, que fez os cabelos da nuca de Dylan se arrepiarem.

O garoto suspirou e firmou suas adagas na mão esquerda e na direita, enquanto encarava aquele ser esperando qual dos dois deveria fazer seu primeiro movimento. Como esperado por Dylan, o automato fez o primeiro. Rastejou pelo piso da arena rapidamente até onde ele estava, foi um movimento tão rápido que por pouco o garoto não conseguira desviar.

Suspirou aliviado e correu em direção a aranha que por sua vez estava preparada e feriu sua perna com uma de suas garras. O garoto caiu desajeitadamente no chão enquanto um filete de sangue escarlate escorria por sua canela. Ignorando a dor, levantou-se e correu novamente tentando repetir o ataque, dessa vez é claro, querendo obter sucesso. Porém, o máximo que conseguiu foi tirar faísca das patas da aranha. Com raiva, Dylan socou o chão e decidiu ir para cima da aranha de uma vez.

Correu o mais rápido que podia e se agarrou em uma das patas do automato. Em tentativa de livra-se do garoto, a aranha começou a balançar a pata freneticamente, em vão. Dylan conseguiu se firmar ali e quando a aranha deu uma trégua, ele escalou-a e montou nela como se fosse um cavalo. A aranha começou a tentar livrar-se dele novamente, mas ele segurou-se e tentou firmar sua adaga na parte em que o corpo e a cabeça da aranha se separavam. Em vão, sua adaga voo longe e o garoto terminou perdendo o equilíbrio e caindo no chão.

Nesse meio tempo a aranha aproveitou para lançar-lhe o líquido verde que lhe saia da boca. Conseguiu acertar o braço do garoto e o líquido começou a queimar imediatamente deixando o braço do garoto levemente dormente. Quando ele percebeu que a aranha se preparava para lançar o líquido novamente, ele desviou para o lado conseguindo repelir o ataque.

Correu até onde estava sua adaga, precisava pensar em algo, precisava pensar e rápido. Nesse tempo, a aranha começou a lhe perseguir encurralando-o aos poucos. Foi aí que Dylan percebeu que a única maneira de conseguir derrotá-la seria lançar uma adaga na boca do automato. Mas, deveria, infelizmente, esperar a aranha abrir a boca e lançar-lhe outro jato de ácido ou sei lá o que.

Tentou desviar do automato mais algumas vezes e então, viu a oportunidade perfeita. Baixou a arma que estava em sua esquerda e quando a aranha abriu a boca para lançar-lhe o ácido, ele arremessou a outra. O lado bom do ataque foi que o garoto atingiu seu objetivo e o lado ruim foi que boa parte do ácido respingou em seu braço.

O garoto foi ao chão juntamente com a aranha, caiu de joelhos segurando o braço que ardia como se lava houvesse sido aplicada carinhosamente. Ergueu sua visão e deparou-se com a aranha inerte em sua frente. Levantou-se e retirou sua arma dali.

O garoto decidiu sair da arena mas, dessa vez não iria para seu chalé e sim, para a enfermaria. Acima de tudo, ele precisava cuidar de seu braço ferido.


## words for tag
avatar
Dylan S. Pierce
Filhos de Hipnos
Filhos de Hipnos

Mensagens : 42
Pontos : 44
Reputação : 1
Data de inscrição : 19/06/2014
Idade : 20

Ficha do personagem
EXP:
76/200  (76/200)
Nível: 2
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena de Treinamento

Mensagem por Gabriel Vindice LeFay em Qua Jun 25, 2014 3:49 pm




Treino 01


Eu havia acordado cedo aquele dia, na verdade, de madrugada, ainda não tinha me acostumado com meu novo chalé e estava difícil dormir nos primeiros dias, mas não era como se isso fosse durar para sempre, então eu simplesmente me levantei e fui tomar um banho, se eu havia acordado mais cedo podia muito bem começar a treinar bem cedo para melhorar minhas habilidades não é mesmo? Então assim que sai do banho e me sequei eu peguei uma calça jeans e uma camisa qualquer e parti para a arena, indo sem nenhuma arma para a arena, já que eu iria pegar uma espada emprestada da arena para poder lutar
 
                                            (...)

Assim que cheguei perto da arena percebi que teria o desafio de passar por todas as harpias que estavam de guarda ou seria devorado e/ou punido, o que era uma contradição estranha. Observei as harpias andando em volta da arena de forma organizada, cada uma delas mantendo uma distancia de duzentos metros da arena enquanto vigiavam o redor dela em rondas, parecia que cada ronda demora somente alguns minutos e eram feitas por duas harpias de forma que enquanto uma estivesse patrulhando a parte de trás a outra estivesse na parte da frente, tornando muito difícil passar por elas sem ser visto, mas felizmente eu tinha um truque na manga, eu podia contar os segundos com perfeição e correr no momento certo para ter alguma chance de não ser visto, eu teria quer ser muito rápido, mas havia uma chance.

(...)
       
Três minutos depois de eu ter ficado olhando para harpias e anotando mentalmente o tempo que elas demoravam em completar cada ronda fosse concluída e sorri enquanto via se repetir pela terceira vez a mesma falha: Elas olhavam para a esquerda ao mesmo tempo, deixando a entrada pela direita muito fácil, provavelmente por que normalmente aquelas duas harpias nunca trabalhavam juntas, mas sim no mesmo posto e tinham criado o hábito de olhar para o lado que guardavam.  Sabendo disso aproveitei da falha que acontecia em todos os exatos trinta e seis segundos para correr o mais rápido possível para dentro da arena pelo lado direito, eu tinha somente sessenta segundos para passar por elas antes de perder a oportunidade e ser devorado por harpias.

(...)

Eu passei com exatamente cinco segundos exatos de adiantamento e consegui entrar na arena com um pequeno sorriso no rosto enquanto pegava um dos escudos que estavam à disposição para o treino e ia até um dos autômatos que estavam espalhados pela arena e me posicionando a frente dele, o escudo em meu braço esquerdo enquanto eu segurava a espada com a mão direita de maneira firme.

 O autômato que estava a minha frente usava uma espada larga de duas mãos e era tão musculoso que não devia ser difícil para ele manusear sua arma, o que queria dizer que seria um treino muito interessante para mim.

— Comece

             
(...)

Assim que o autômato se ativou ele avançou com um golpe rápido de sua espada em uma estocada que visava tirar minhas tripas, mas antes que o golpe acertasse eu girei 180º graus para a esquerda fazendo a espada raspar o escudo enquanto eu girava 180º graus novamente o golpeando na nuca com o cabo da espada e o fazendo cambalear por causa da força do golpe enquanto eu recuava ficando de lado e colocando o escudo a minha frente de forma a cobrir todo o meu corpo e me permitir ficar com o braço erguido a cima do escudo, pronto para atacar o autômato assim que ele abrisse uma brecha.

  Logo que o autômato se recuperou do golpe na nuca ele partiu contra mim movendo sua espada em um corte horizontal largo que eu pude desviar ao saltar para trás, mas antes que eu pudesse tentar avançar contra o autômato em uma estocada senti o apoio de meu pé deslizar, me fazendo tropeçar para trás sem equilíbrio. Aproveitando esse deslize o autômato chutou minha perna com força me fazendo desabar de dor no chão.

— Filho da... Falei enquanto caia de costas no chão o escudo batendo contra minha barriga e me fazendo ficar  ser ar enquanto o autômato pegava a espada com as duas mãos para dar o golpe final, mas antes que ele fizesse isso eu usei minhas pernas para fazer um movimento de tesoura contra as pernas dele  o derrubando e me levantando rápido, mancando para longe dele enquanto soltava o escudo, ficando somente com minha espada e me preparando para resolver aquilo em um último golpe, pois sabia que não ia aguentar lutar muito tempo com minha perna doendo do jeito que estava.

(...)

Por dois minutos ficarmos somente parados de frente um para o outro até que finalmente o autômato atacou com uma estocada perfeita que eu desviei girando 140º graus para a direita enquanto a espada dele passava raspando pela minha costela, mas com a estocada o autômato havia ficado completamente sem defesa, o que me permitiu o atacar com um golpe horizontal rápido da espada contra seu pescoço o decapitando, eu havia vencido.

(...)

Estava na hora de voltar para cama, o problema era que agora eu tinha perdido a mudança de turnos e agora não eram aquelas harpias de antes que guardavam a arena agora, e sim duas harpias diferentes que não compartilhavam do mesmo defeito das outras, o que só tornava ainda mais difícil, mas felizmente eu já tinha uma ideia do que fazer.   Voltei para  dentro da arena e peguei a cabeça do autômato enquanto olhava as harpias, esperando.

Dois minutos depois eu lancei o elmo do autômato na direção oposta da qual eu queria correr, fazendo com que as harpias mudassem o foco de sua visão por alguns preciosos segundos, o que foi o suficiente para eu poder correr até a floresta e de lá ir direto para o chalé, onde desmaiei em minha cama.


Thanks: Alice R @ TPO & WE
avatar
Gabriel Vindice LeFay
Filhos de Nêmesis
Filhos de Nêmesis

Mensagens : 4
Pontos : 4
Reputação : 1
Data de inscrição : 25/06/2014

Ficha do personagem
EXP:
44/200  (44/200)
Nível: 2
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena de Treinamento

Mensagem por Aphrodite em Qua Jun 25, 2014 4:28 pm

DYLAN

Coerência: 1( ) 2( ) 3( ) 4(x) 5( )
Ortografia: 1( ) 2( ) 3( ) 4(X) 5( )
Leitura Envolvente: 1( ) 2( ) 3( ) 4(X) 5( )
Uso de Poderes e Armas: 1( ) 2( ) 3( ) 4(X) 5( )
Sentido: 1( ) 2( ) 3( ) 4( ) 5(X)
4+4+4+4+5X4= 84 exp
*perda de 5 HP por causa do seu ataque, vá a enfermaria para recuperar HP 


GABRIEL

Coerência: 1( ) 2( ) 3( ) 4(x) 5( )
Ortografia: 1( ) 2( ) 3( ) 4(X) 5( )
Leitura Envolvente: 1( ) 2( ) 3( ) 4(X) 5( )
Uso de Poderes e Armas: 1( ) 2( ) 3( ) 4(X) 5( )
Sentido: 1( ) 2( ) 3( ) 4( ) 5(X)
4+4+4+4+5X4= 84 exp

_________________The Blood Of Olympus____________________

I'm Queen Bitch!

Aphrodite
Candy♥LFG@
avatar
Aphrodite
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 67
Pontos : 180
Reputação : 1
Data de inscrição : 09/06/2014
Localização : Olimpo ^

Ficha do personagem
EXP:
99999/99999  (99999/99999)
Nível: 99999
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://tbofolympus.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena de Treinamento

Mensagem por Gabriel Vindice LeFay em Qua Jun 25, 2014 4:30 pm




Treino 02


Eu havia acabado de sair de um treino quando decidi que estava na hora de eu praticar um pouco a arte marcial que meu tio havia me ensinado durante os onze anos e que eu tanto amava: Savate, a arte marcial francesa. E então eu simplesmente fui direto para a arena que me falaram que servia para esse tipo de treino e tirei a camisa, ficando somente com minhas calas e meus coturnos ( No Savate o uso de sapatos é permitido)  e sorri enquanto pedia a ajuda de alguns outros campistas que estavam ali para montar uma versão menor do redemoinho, pegando vários objetos de madeira e amarrando de baixo  de uma árvore de metal que se encontrava por algum motivo no canto mais afastado da arena.

                                                   (...)

Assim que a árvore estava repleta de fios segurando objetos de madeira eu comecei o meu treino, dando um chute lateral contra um dos objetos e vendo acertar outro, começando um efeito domino com todos os objetos amarrados em baixo da árvore que logo começariam a me atacar por todos os lados.

                                                 (...)

O primeiro objeto de madeira a tentar me acertar feio pela direita em uma velocidade mediana e eu o impedi golpeando com um chute de calcanhar de cima para baixo que o tirou do fio enquanto outro golpe vinha por trás de mim  me forçando a abaixar e sustentar meu peso com as mãos enquanto usava os meus dois pés para agarrar o objeto e o chutar com força para fora, e me levantar em um salto, segurando um dos objetos que vinham em direção ao meu rosto enquanto com a outra mão socava com força o que vinha pelo meu lado esquerdo, o fazendo colidir com outro objeto que vinha na mesma direção enquanto eu largava o que segurava e dava um passo para trás, desviando de quatro objetos que vieram juntos contra mim, minha respiração ficando mais ofegante enquanto eu notava que estava cansado do outro treino e tinha sido uma má ideia já fazer outro em tão pouco tempo, mas mesmo assim não ia cair fora da arena.
 
Senti uma dor aguda contra minha perna assim que um dos objetos a acertou e decidi que era hora de acabar com aquilo de uma vez.  Desviando e socando alguns outros objetos que tentavam me acertar fui até o centro da arena e plantei bananeira e  deixei minhas pernas completamente esticadas enquanto usava minha mãos para girar todo o meu corpo, fazendo assim com que minha pernas agissem como hélices e chutasse todos os objetos para fora de seus fios para fora de uma vez só.

                                                  (...)

Sorri para mim mesmo vendo todos os objetos de madeira espalhados para tudo que era lado e despenquei no chão, esperando meu fôlego voltar ao normal antes de ir buscar os objetos de madeiras e os guardar para outro treino. Eu havia exagerado daquela vez.




Thanks: Alice R @ TPO & WE

_________________The Blood Of Olympus____________________

Eu sou o rei
Me desafie e será devorado.
thanks to Larissa
avatar
Gabriel Vindice LeFay
Filhos de Nêmesis
Filhos de Nêmesis

Mensagens : 4
Pontos : 4
Reputação : 1
Data de inscrição : 25/06/2014

Ficha do personagem
EXP:
44/200  (44/200)
Nível: 2
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena de Treinamento

Mensagem por Aphrodite em Qua Jun 25, 2014 4:40 pm

Coerência: 1( ) 2( ) 3( ) 4(x) 5( )
Ortografia: 1( ) 2( ) 3( ) 4(X) 5( )
Leitura Envolvente: 1( ) 2( ) 3( ) 4(X) 5( )
Uso de Poderes e Armas: 1( ) 2( ) 3(X) 4( ) 5( )
Sentido: 1( ) 2( ) 3( ) 4( ) 5(X)
4+4+4+3+5X4= 60 exp
*perdido 5 pontos de HP pela perna, vá a enfermaria.

_________________The Blood Of Olympus____________________

I'm Queen Bitch!

Aphrodite
Candy♥LFG@
avatar
Aphrodite
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 67
Pontos : 180
Reputação : 1
Data de inscrição : 09/06/2014
Localização : Olimpo ^

Ficha do personagem
EXP:
99999/99999  (99999/99999)
Nível: 99999
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://tbofolympus.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Arena de Treinamento

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum